Menu

 

Nome Científico Acer palmatum
Origem China, Japão e Coréia do Sul
Idade Aproximada 12 anos
Altura 70 cm
Largura 40 cm
Largura do Tronco 2,0 cm
Medidas do Vaso 20x15 cm

 

Uma das 5 espécies mais tradicionais do bonsai, o Momiji, seu nome em japonês, é também um dos símbolos da cultura japonesa. O nome científico deriva do formato palmado de suas folhas com serrilhas bem marcadas nas bordas que são dispostas aos pares ao longo dos ramo. Seu tronco e ramos são verdes e tornam-se acinzentados e levemente fissurados quando maduros. O cultivo desta espécie como bonsai nos possibilita acompanhar as 4 estações do ano incidindo sobre sua folhagem, pois durante a primavera estas brotam em coloração verde com pontas rosadas, no verão estão maduras e verdes, no outono tornam-se vermelhas e no inverno desprendem-se dos ramos e revelam a bela estrutura de uma árvore em aspecto invernal.

Pré-Bonsai Acer Palmatum 12 anos

R$350,00

20% OFF comprando 1 ou mais un.!

Válido para este produto e todos da categoria: Bonsai, Pré Bonsai.
Nesta promoção você pode combinar este produto com outros da mesma categoria.

Pré-Bonsai Acer Palmatum 12 anos R$350,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • O Bonsai Av. Manoel Ribas, 3640 Santa Felicidade Curitiba, Paraná, Brasil

    Grátis

 

Nome Científico Acer palmatum
Origem China, Japão e Coréia do Sul
Idade Aproximada 12 anos
Altura 70 cm
Largura 40 cm
Largura do Tronco 2,0 cm
Medidas do Vaso 20x15 cm

 

Uma das 5 espécies mais tradicionais do bonsai, o Momiji, seu nome em japonês, é também um dos símbolos da cultura japonesa. O nome científico deriva do formato palmado de suas folhas com serrilhas bem marcadas nas bordas que são dispostas aos pares ao longo dos ramo. Seu tronco e ramos são verdes e tornam-se acinzentados e levemente fissurados quando maduros. O cultivo desta espécie como bonsai nos possibilita acompanhar as 4 estações do ano incidindo sobre sua folhagem, pois durante a primavera estas brotam em coloração verde com pontas rosadas, no verão estão maduras e verdes, no outono tornam-se vermelhas e no inverno desprendem-se dos ramos e revelam a bela estrutura de uma árvore em aspecto invernal.